segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Maninha bebeu demais e deixou a xaninha a vista!!

video

IRMÃO TARADO FEZ A FESTA E MANDOU!!

FILMOU A IRMÃ NO BANHO

video

QUE TETAS SÃO ESAS HEHEHE!!

Minha irmã dorme pelada



Ola meu nome é paulo, em casa moramos apenas três pessoas, minha mãe, sara, minha irmã cristina, e eu, eu tenho 28 anos, minha irmã cristina tem 21, e minha mãe 50, como o nosso pai havia falecido há muito tempo, ficamos morando apenas nós três e com o dinheiro da pensão do meu pai, minha mãe comprou uma casa, ela mora na parte de baixo, eu e minha irmã moramos, na parte de cima, só que minha mãe construiu duas pequenas casas em cima, para cada um de nós ter a sua independência, minha mão montou um barzinho em baixo, eu trabalhava a tarde e minha irmã cristina trabalhava a noite em um bingo, ela é loira, 1,68 olhos azuis e cabelos lisos, ela é linda por sinal e tem um corpo sarado, eu tenho 1,75 sou moreno claro, cabelos pretos.
eu estava de folga no domingo e minha irmã estava trabalhando na madruga de sábado para o domingo, minha mãe com seu barzinho lá embaixo, quando era 12:00 eu acordei comi alguma coisa e fui dar uma volta, quando estava passando pelo corredor percebi que a porta estava mio que aberta, não muito, pensei se minha irmã teria deixado a porta aberta ou dormido em outro lugar, na casa das amigas por exemplo, e fui ver se ela estava lá, quando abri aporta fiquei espantado com o que vi, por ser um domingo de verão até poderia acreditar no que estava vendo, só que mesmo no calor seria cabível usar roupas intimas, na verdade a cristina estava dormindo pelada, eu não sabia que ela dormia pelada, fiquei deslumbrando aquele corpo sarado e gostoso, eu sempre olhava minha irmã como uma mulher bonita e atraente, mas a partir daquele dia passei a deseja-la, como nunca, ela tinha uma bunda arrebitada, e seu corpo parecia um brilho lindo em cima da cama, aquela buceta depilada que ela deixava bem lisinha, era incrível, acho que passei tanto tempo apreciando que devo ter esquecido de passear, voltei para o meu quarto e fui navegar na internet, mas antes de sair fechei a porta do quarto dela, para não pensar que tinha entrado alguém, pois ela saberia que era eu por morarmos só nós dois lá em cima, depois desse dia eu fiquei alucinado por minha irmã cristina, como ela tinha um computador no quarto dela e não gostava muito de mexer nele, eu perguntei pra ela se poderia mexer nele, para fazer algumas atualizações, e deixa-lo mais rápido, ela concordou e perguntei pra ela como faria pra mexer nele se só ela tinha a chave, ela disse que deixaria a porta aberta, foi ai que fique estourando de felicidade por dentro, a parti disso dava algumas desculpas esfarrapadas para mexer nele e ficar batendo papo com ela, aproveitava pra ver ela com aquelas roupas bem excitante, eu sabia o horário que ela saia pra trabalhar, e ela sempre tomava banho ante de ir para o trabalho, eu como quem não estava percebendo que ela ainda estava no quarto resolvi entrar, pra ver o pc, ela já tinha trocado de roupa, só que era muito cedo e ela estava usando uma daquelas saias soltas e curtinha, era verde nossa como estava linda, blusinha colada, quando abri a porta, vi praticamente ela de quatro na cama, com a saia um pouco levantada mostrando aquela calcinha e aquela buceta volumosa, era lindo, ela se assustou e perguntou: paulo você não bate na porta não, eu respondi que ela disse que ia deixar aberta, ela disse que desse jeito ia acabar fechando a porta por se não poderia acabar vendo ela pelada, ai eu puxei assunto, e por acaso você fica andando pelada é cristina, cuidado em, vai que eu abro a porta de repente e te vejo pelada, não seria nada lega, ela riu, engraçadinho, ela saiu e o papo ficou pra depois, fiquei mexendo no pc dela, e só pra ver se ela teria curiosidade deixei alguns contos eróticos, que achei na internet, quase a vista só para ela ler e ver se achava lega, deixei umas fotos também, ai eu comecei a fazer o mesmo que ela, dormir pelado, foi muito bom, um sábado estava dormindo no meu quarto, e deixei a porta do quarto aberta pela metade, só pra ver se ela iria olhar, e não é que olhou, eu estava acordando e escutei ela abrindo a porta do quarto dela, fiquei fingindo que estava dormindo mas com os olhos, quase abertos para ver se ela iria olhar, a cristina, entrou com tudo no meu quarto como a situação era inusitada, antes dela chegar na porta eu estava completamente nu e de pau duríssimo, ela quando entrou ficou paralisada parece que nunca tinha visto um pau daqueles, meu pau era bem agradável ao menos as mulheres diziam, ela procurou alguma coisa no meu guarda-roupas, e não parava de olhar para o meu pau, ela ainda chegou perto para olhar mais, pensei que fosse gozar com aquela situação, mas fiz o que pude para não gozar, parece que agora estávamos num joguinho besta de quem vai atacar primeiro, ela sempre deixava a porta meio aberta também, parecia que tinha perdido o juízo, ela sempre dormia até mais tarde por causa do trabalho, eu sempre que podia dava uma passadinha no quarto dela, procurava fazer nenhum barulho pra não acordar ela, isso ficou nesse jogo de sedução até um gostoso e sagrado sábado, ela estava de folga, e estava chovendo muito, ela foi bater papo com a nossa mãe, e eu fiquei mexendo no pc dela, só pra ver as sacanagem que ele lia e olhava, que por sinal eram muitas, acho que ela ficou tarada depois que viu o meu pau, totalmente duro, como dizem a primeira impressão é a que fica, ela esquecera de fechar a janela e a cama dela ficava perto da janela, por que ela gostava de sentir o vento entrando e passando pela cama, só que a chuva estava tão forte que acabou molhando a cama, e quando ela chegou já era tarde, e nossa mãe já havia fechado a porta e a casa lá embaixo, ela olhou a cama e disse:
cristina: olha só, paulo você não fechou a janela?
paulo: mas é claro que fechei só que quando fechei a janela já era tarde.
cristina: caçamba agora a mamãe já fechou a porta e não quero incomoda-la, será que você deixa eu dormir com você hoje?
paulo: hhhh deixo sim, mas não vai molhar a cama também.
com isso a cristina foi para o quarto dormir, eu ainda fiquei mexendo um pouco, procurei levar na maior naturalidade, afinal éramos irmãos, quando cheguei para dormir, vi que ela não estava pelada, eu pensei comigo mesmo: ainda bem que ela não esta pelada seria uma catástrofe, ela estava usando uma blusa minha que nela, ficava com baby doll, mas ela ainda estava dormindo sem lençol, eu fui no banheiro tomei um banho e voltei só com um short e sem cueca por baixo, apesar da forte chuva ainda fazia calor, quando deito na cama, me viro para ela, e no que me viro de lado, ela esta de costa para mim, e a blusa levantada até um pouco acima da barriga, no que eu percebo que ela esta sem calcinha e deveria estar sem a parte de cima também, ai eu vou a loucura, e procuro manter a distancia dela, mas o sono me pega, de repente estou em um sonho gostoso fazendo sexo com uma gostosa, uma safada mesmo, eu estava ficando com um calorão por causa do sonho e estava crente que estava comendo a gostosa do sonho, quando eu abro os meus olhos, não posso imaginar no que estou vendo e sentindo, eu pensava que estava sonhando mais era verdade, mesmo, quando abro meus olhos vejo minha irmã, já encaixando a sua gostosa buceta na cabeça da minha rola, e pergunto o que ela esta fazendo, ela disse que tentou mas não conseguiu resistir a essa pica maravilhosa, ela estava com a buceta toda molhada de tesão, e foi encaixando de modo que não deu nem pra pensar em resistir, ai eu pensei comigo mesmo, o mundo agora que se acabe, eu quero é mais comer minha irmã cristina, gostosa e safada como eu nem imaginava, ela gemia e cavalgava como uma louca no meu pau, pedia pra eu chamar ela de safada, de puta do irmão, ai eu nem perdia tempo, falava pra ela, mexe sua safada, senti a pica do seu irmão todinha nessa buceta, se é isso que você quer, cristina, sim, meu safado, meu irmão puto, mete, mete mais, me rasga todinha com essa pica gostosa, eu quero sentir você dento de mim, vai seu tarado comedor de irmã, seu canalha, queria comer sua irmã não é safado, se queria então estou aqui, me come, mesmo, esfola essa buceta que você tanto queria, eu e ela parecia dois loucos pronto para um devorar o outro, comi ela de quatro, frango assado, papai e mamãe, irmã e irmã, de varias formas, e inesperadamente o tesão foi tanto que nós dois acabamos gozando juntos, ao mesmo tempo, e o pior é que gozei dentro dela, nisso eu fiquei preocupado, cristina você esta tomando algum remédio para não engravidar, ela, disse que não e que parou a duas semanas, ai o meu mundo desabou, ela também começou a ficar preocupada, já que a cagada estava feita, que se foda, depois dessa melança, esperamos uns dias, e para o nosso alivio, a menstruação dela, desceu em 2 dias depois que gozamos juntos, depois disso sempre dávamos nossa trepada fenomenal, e deliciosa, mas sempre tomando cuidado para não engravidar.

Não aguentei e comi minha irmã.




Faz tempo que estava pensando em relatar algo que e aconteceu a uns dois meses, sou do litoral do Rio Grande do Sul, tenho 23 anos, moro com meu pai minha mãe e minha irmã, que tem 16, sempre considerei ela uma menininha, mas de uns tempos pra cá, aquela moreninha vinha ficando cada vez mais bonita e gostosinha.

Apesar disso, procurei nunca vê-la como mais do que minha irmã, até que no verão passado quando estávamos na casa da praia, tínhamos chegado da praia e estávamos sozinhos, eu tava só de bermuda e ela de biquíni, fui até a cozinha tomar uma água, enquanto bebia vi que ela chegava perto, então ela disse: Tu ta bem malhado né mano, Teu corpo ta show, e nisso passou na minha frente espremida contra a mesa e a pia e roçou aquela bundinha só de biquíni em mim, na hora me deu um tesão, que me obriguei a ficar ali esperando ela passar de novo, enquanto ela pegava uma maça na geladeira eu olhava praquela bundinha, foi ai que ela deu uma desenterradinha no biquíni. Aquilo foi a gota d’água, meu pau fico duro na hora.

Mas ai ela veio e passou de novo de costas pra mim, mas quando passou acho que percebeu meu pau duro e se assustou, a primeira idéia que me veio foi de pegar ela por trás e dizer: Se solta agora minha baxinha! Ela gostou da brincadeira e começou a rir e tentar se soltar, mas não conseguia, e eu quase loco com a desculpa de segurar ele apertava bem contra o meu corpo, forçando a bundinha dela contra o meu pau.

Depois desse dia isso virou nossa brincaderinha, sempre que estávamos só nos ela vinha e me chamava de fracote e eu pegava ela e agente ficava se roçando um monte. Aquilo tava me deixando cada vez mais loco, mas sempre tive a cuidado pra parar antes do tesão aumentar muito pois ela era minha irmã.

Mas um dia ela inventou de ver um filme comigo no meu quarto a noite e eu topei, já tava ligando o DVD quando ela apareceu de camisola estilo vistidinho tava um tesão.
Ela deitou no meu lado na cama e agente ficou olhando o filme até que uma hora ela disse: Não acha que esse filme ta chato fracote?

Só olhei pra ela, e ela deu um sorrisinho e se virou de lado ficando de costas pra mim, na hora peguei ela e começamos a se roçar, Ela começou a mexer a bundinha e a camisola subiu, quando senti aquela bundinha fiquei loco e rolei pra cima dela, fiquei apertando ela contra a cama e vi que ela tava de olhos fechados dando mordidinhas nos lábios. Levei a mão por baixo dela e fui até sua bucetinha que tava toda molhada, nessa hora ela deu um gemidinha, eu tirei meu pau pra fora e comecei a passar na bunda dela, ela ficou loca e se contorcia toda.

No tesão ela abriu um pouco as pernas e eu fui entrando pelo meio, puxei a calcinha dela pro lado e fui indo com o meu pau até entrar, ela arrebitou toda a bundinha e meu pau foi entrando naquela bucetinha quente. Ficamos assim um tempo mexendo bem gostoso, até que ela foi se levantando por baixo de mim e eu fui junto, quando vi agente tava de quatro, ai peguei ela pela cinturinha e fui bombando cada vez mais rápido até que ela sussurrou que ia gozar, nessa hora meti tudo e deixei lá dentro, quando minha porra começou a encher a bucetinha dela ela começoa a se contorcer toda e gozou tremendo o seu corpinho.
Caímos um sobre o outro e não falamos nada, nem naquele dia nem nunca mais, apenas de vez em quando eu passo a mão na bunda dela escondido, e não demora muito ela passa e fala no meu ouvido: To com saudade fracote. Ai agente dá um jeito de começar a se roçar e terminar numa transa loca.

Quem quiser conversar sobre esses e outros assuntos meu e-mail e MSN é:

luck_rs23@hotmail.com

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

MANINHA LARISSA CAIU NA NET

Se a Larissa fosse sua mana e vc encontrase esas fotos dela na net, qual seria sua reação? ehehehehe..complicado em..viva a camera digital.






















segunda-feira, 23 de agosto de 2010

INCESTO NA REDE?

Estas fotos foram enviadas por um anônimo que pegou elas em uma pagina de relacionamentos da qual esta garota faz parte dos seus contatos , pelas fotos da pra perceber que a gata é muito quente, mas até ai nenhuma novidade a não ser uma das fotos que a gata colocou com o proprio irmão, e reparem as roupinhas dela na foto com o maninho, convenhamos que com uma irmã dessas em casa não tem macho que resista, são sem duvida os peitos mais lindos que vi nos ultimos tempos, tirem suas proprias conclusões.. incesto real??





























FOTINHO CARINHOSA COM O IRMÃO, NÃO ACHAM????

GEOVANA E A PSICOLOGA

CONSULTA VIA MSN ENVIADA PELA GEOVANA COM A SUA PSICOLOGA (REAL)

Geovana diz:
oi
desculpa, sei que nao esta na hora, so pra avisar que estou aqui
R.D.A diz:
Oi Geovana
tudo bem
sem problemas
podemos adiantar um pouco
Geovana diz:
ta joia, minha mãe pega um pouco no meu pe, se eu der uma parada de tc, me desculpa que é ela bisbilhotando aqui
R.D.A diz:
tem algum horario que vc possa conversar tranquila?
Geovana diz:
a noite, tipo este so que as vezes ela vem por aqui perguntar algo, mas tranquilo
R.D.A diz:
então otimo
bom vc ja sabe um pouco de mim e do meu trabalho pelo blog
Geovana diz:
sim, mas nao sabia bem como era por isso escrevi
R.D.A diz:
estou aqui pra tentar ajudar vc a enteder um pouco sua vida
e lidar melhor com as situações
Geovana diz:
vc é psicologa ou nada a ver
R.D.A diz:
conta pra mim o que esta acontecendo com vc...
eu sou terapeuta Geovana
é a mesma coisa que psicologa
Geovana diz:
ta porque ja falei com psicologo e nao deu em nada
R.D.A diz:
mas trabalho so com medicamentos naturais
Geovana diz:
deixa tentar te explicar
R.D.A diz:
e não fico julgando ninguem e nem aconselhando
so procuro fazer com que vc ache o melhor caminho
Geovana diz:
tenho um irmão mais velho, ele tem 17 e eu 20
desculpa o contrario, ele 20 eu 17
R.D.A diz:
sim sim
Geovana diz:
lindo por sinal
R.D.A diz:
ele mora com vc?
Geovana diz:
mora sim
R.D.A diz:
e quando começou a sentir atração por ele?
Geovana diz:
na verdade é uma historia confusa, nao é de agora
eu devia ter uns 13/14 na epoca
sabe idade de descobertas, primeiras saidas, namoro, beijos
R.D.A diz:
sim sim
Geovana diz:
minha mae é muito rigida, pega no pe direto
so deixava sair se meu irmao estivese junto
um dia meu irmão me viu ficando com um amigo dele e ficou p..da vida comigo
R.D.A diz:
e o que ele fez/
Geovana diz:
me falou um monte de coisas
e principalmente que nao iria mais me levar em festas com ele e tal
R.D.A diz:
isso quando vc tinha uns 14?
Geovana diz:
isso 13 pra 14
nunca fomos muito procimos sabe, ele tinha a turma dele e tal
R.D.A diz:
entendo
Geovana diz:
a gente tem piscina em casa e no verão pintava umas brincadeiras na agua, mas pra mim era inocente
mas na medida que fui crescendo fui notando que nao era tão inocente assim a brincadeira
R.D.A diz:
ele quem começava?
Geovana diz:
no inicio tanto eu cmo ele, depois mais ele
R.D.A diz:
e o que vc sentia?
Geovana diz:
dificil dizer como falei no inicio eu achava mesmo que era brincadeira
é que nesse intervalo eu acabei transando com um namoradinho, então com 15 ja nao era virgem dai , ja sacava tudo
R.D.A diz:
sim normal
Geovana diz:
eu sempre tive habito de ter diario
e escrevia muita coisa la, e ele deve ter lido
R.D.A diz:
o que vc acha que ele leu?
Geovana diz:
bom que eu tinha transado, nao escrevi de forma clara mas lendo tudo da pra sacar
R.D.A diz:
sim sim
e qual foi a reação dele?
Geovana diz:
porque nessa epoca eu comessei a notar que ele me espiava no banho outrocando de roupa
as brincadeiras na piscina eram bem ousadas, e eu fazia de conta que nao sabia o que estava rolando
era como um jogo de gato e rato, finge que não viu que eu finjo que não fiz, nao sei se entende
R.D.A diz:
entendo sim
Geovana diz:
ta
R.D.A diz:
e depois?
Geovana diz:
minha mae continuava deixando eu sair so com ele
e ele comessou a não querer levar
eu tinha que ficar pedindo um monte, quase implorando
R.D.A diz:
tipico de irmãos mesmo
Geovana diz:
então, era o que eu achava, so que uma vez, tinha uma mega festa pra ir e minha mae ja falou, so vai se seu irmao for junto..ja fiquei p..da vida
lembro que era um sabado a tarde e nossa mae tinha saido pra levar umas coisas na casa da nossa avo
dai fui no quarto dele pedir pra ele me levar
era dezembro, calorão
ele tava la sem camisa no quarto lendo uma revista
e eu fui la pedir, e ele fala: negativo não vou levar
R.D.A diz:
e vc?
Geovana diz:
fiquei insistindo, quase chorando ne
dai ele fala..humm deixa pensar
ate levo, mas tem uma condição
dai falei, qual..
ele me olha de cima a baixo e fala...se a mãe descobre que vc nao é mais virgem...se ta frita...
e eu fiquei branca que nem papel na hora
R.D.A diz:
nossa
imagino
Geovana diz:
dai ele fala..não precisa ficar com medo, mas vamos ter que fazer um acordo de irmaos
R.D.A diz:
que acordo?
Geovana diz:
eu fiquei dura quando ele falou assim: vc sabia que tem irmaos que transam?
R.D.A diz:
o que vc sentiu Geovana?
Geovana diz:
foi um susto ate porque eu nunca tinha ouvido falar nisso
o maximo foi uma amiga que contou que tinha ficado com o primo
R.D.A diz:
é realmente não é muito comum
Geovana diz:
bom eu pensava isso tb, mas depois descobri que não é comum, mas acontece
R.D.A diz:
logico que sim
Geovana diz:
quando ele terminou de falar isso ele levantou da cama e veio na minha direção
minhas pernas nao saiam do lugar
R.D.A diz:
nossa
Geovana diz:
eu parecia hipnotizada
R.D.A diz:
sim foi tudo inesperado né
Geovana diz:
ele chegou perto colocou uma das mãos na minha nuca e a outra em um dos meus seios
eu tremia
R.D.A diz:
mas o que sentiu?
isso era bom?
Geovana diz:
bom eu ja tinha transado sabe, transar é bom, da tesão
isso todo mundo sabe o que tava quebrando minha cabeça era quem estava me tocando
minha cabeça só girava e não saia palavra alguma
R.D.A diz:
e depois?
Geovana diz:
eu fui recuando e sai do quarto dele
acabei nao indo na tal festa
R.D.A diz:
e ele foi?
Geovana diz:
foi sim
chegou em casa de madrugada
R.D.A diz:
e ele não tinha namorada?
Geovana diz:
meu irmao é o que podemos chamar de pegador, sempre um monte de gatinha na volta mas nao namora nenhuma
R.D.A diz:
entendi
Geovana diz:
nossos quartos são ao lado
esta o quarto dos nossos pais, o meu e o dele proximo a escada
nesse dia ele chegou da festa e entrou no meu quarto de madrugada
R.D.A diz:
e vc?
Geovana diz:
fiquei na minha fingindo dormir
ele levantou minha camisola ate a cintura e ficou olhando um tempo
depois ouvi ele sair e entrar no banheiro e depois de um tempo ele entra novamente no meu quarto
R.D.A diz:
o que ele queria?
Geovana diz:
o que vc acha
R.D.A diz:
e rolou?
Geovana diz:
não
só senti ele passando a mão em mim
bom ele se masturbou tb
oi desconectou/
R.D.A diz:
desculpa caiu aqui
e ele viu que vc estava acordada?
Geovana diz:
não, eu estava virada para a parede alem do mais o quarto estava na penumbra
isso se repetiu muitas vezes, geralmente quando ele chegava da balada
R.D.A diz:
e vc gostava quando ele te tocava?
Geovana diz:
eu ficava arrepiada, mas me sentia culpada
R.D.A diz:
mas sentia tesão?
Geovana diz:
sim, com certeza sentia
quando eu estava com quase 16 anos fui numa festa de carnaval e experimentei um negocio que chama lança perfume, nao sei se sabe o que é
R.D.A diz:
sei sim
vc sai do ar né
Geovana diz:
sai mesmo
ele descobriu que eu tinha experimentado
mas nao falou nada, um belo dia estou no meu quarto lendo, devia ser umas 11 e pouco da noite ele abre a porta do meu quarto.
R.D.A diz:
e aí?
Geovana diz:
ele nao falou nada, so mostrou o tubo de lança, um lenço e fez sinal pra eu sair do quarto
R.D.A diz:
onde foram?
Geovana diz:
para o quarto dele
eu ja estava com camisola de dormir e tudo
pior, nossos pais em casa olhando um filme no quarto deles
R.D.A diz:
e ficaram cheirando lança lá...
Geovana diz:
sim primeiro ele cheirou, depois eu
comessei a rir sem parar
dai ele veio por tras e colocou a mao na minha boca porque nossos pais iriam escutar
uma mao na boca, outra na cintura
minha cabeça dava voltas
quando dei por mim ele estava beijando meus seios
R.D.A diz:
sim lança deixa vulneravel
Geovana diz:
eu so ria
olhava pra ele e ria
não sei quando tempo durou aquilo
ele me tocou tb
ate hoje nao entendo com nossos pais nao ouviram nada
R.D.A diz:
é as vezes nos surpreendemos mesmo com as situações
ainda mais nessa idade
Geovana diz:
exatamente como se as coisas conspirasem a favor
R.D.A diz:
e os pais relamente muitas vezes não escutam nada
sim sim
Geovana diz:
nesse dia a coisa ficou nisso
mas teve uma tarde tb com lança perfume dessa vez sozinhos em casa
nossa empregada ia embora as 16h e nossa mãe chegava la pelas 20:30
e dessa vez foi no meu quarto
R.D.A diz:
e como foi?
Geovana diz:
quase a mesma coisa da vez anterior, só que eu fngia que nao tinha rolado nada na outra vez entende?
R.D.A diz:
entendo sim
Geovana diz:
ele foi mais ousado mas nada de transar
lembro que acordei no chão do meu quarto
nesse meio tempo aconteceu um lance com um primo nosso , eu nunca tinha reparado nele, ate que fomos numa festa, bebemos saimos a dar uma volta de carro e acabamos ficando
meu irmao com certeza deve ter lido no meu diario porque ai a coisa mudou pra valer
R.D.A diz:
o que aconteceu?
Geovana diz:
era final de ano, reveillon, aqui na nossa cidade tem festa em clube
minha mae pela primeira vez liberou pra ir com amigas, coisa de nunca
tinha uma prima nossa junto e iriamos dormir na casa dela na volta
o que eu nao sabia é que meu irmao iria dormir la tb
sabe como é reveillon, muito champaim, cheguei em casa tontinha tontinha
R.D.A diz:
sim sei sim
Geovana diz:
minha tia mandou eu dormir no quarto do m eu primo que estava viajando
praticamente apaguei na cama
R.D.A diz:
e seu irmão?
Geovana diz:
meu irmao ainda nao tinha chegado da festa
mas como tinha falado é como se o destino conspirace, minha tia mandou ele dormir la no mesmo quarto quando ele chegou
só que eu não vi ele chegar nem nada
da parte de ter deitado na cama pra dormir depois so lembro de abrir os olhos e meu irmao estar dentro de mim.
R.D.A diz:
nossa assim
Geovana diz:
não pergunta como iniciou porque simplesmente nao lembro
ele tinha tirado minha roupa toda
e a dele tb, o quarto estava bem escuro
R.D.A diz:
e depois?
vc quis continuar?
Geovana diz:
depois que abri os olhos vc fala/
R.D.A diz:
sim
Geovana diz:
sim, nos continuamos transando
mas não trocamos uma palavra se quer
eu nao sei te falar quando tempo durou, mas foi bastante tempo
era muito louco aquilo, uma mistura de medo, culpa, tesão
R.D.A diz:
entendo
Geovana diz:
vc pode achar que é loucura minha mas, nunca senti nada nem perto com outro menino
é diferente de tudo que vc possa imaginar
R.D.A diz:
é pq tem todo aquele misterio por tras né Geovana e o proibido tb
Geovana diz:
isso com certeza o proibido pesa
R.D.A diz:
o proibido geralmente fascina
Geovana diz:
sabe nem camisinha usamos, foi uma locura total mesmo
R.D.A diz:
sim ainda mais depois de beber
acho q ultima coisa que lembrariam era disso
Geovana diz:
com certeza
eu tenho muito medo de alguem descobrir
nao sei ate quando isso vai durar
não sei quando cortar, se cortar
tem uma amiga minha que desconfia, ela ja me jogou varias charadas, e tem uma empregada nossa que ja pegou um lance no ar e ficou com aquela cara de paisagem sabe..
R.D.A diz:
sei sim
mas agora vcs estão ficando direto então
Geovana diz:
direto nao
nao sei como explicar, nao é lance de namoro nem nada, é mais sexo mesmo
eu tento nao me envolver porque sei que isso nao tem como acontecer
ele me fala que entre irmaos o maximo que pode acontecer é sexo.
R.D.A diz:
entendo
pra ele é tudo uma fantasia
e pra vc?
Geovana diz:
fantasia em que sentido vc fala
R.D.A diz:
fantasia , fantasia sexual mesmo
todo mundo tem alguma
a dele eh vc
Geovana diz:
ha entendi
R.D.A diz:
mas e pra vc?
como é?
Geovana diz:
bom, eu tento nao pensar em outra forma, sabe eu nuca namorei serio digamos, no maximo foi um mes
mas ele me chama e eu nao sei dizer nao
R.D.A diz:
e o que vc sente por ele?
Geovana diz:
ate em motel a gente ja foi, aqui minha cidade é pequena todo mundo se conhece, entende, é bem louco
amor, tesão, desejo, tudo
R.D.A diz:
e vc não fica com outros caras?
Geovana diz:
fico
ele tb fica com outras meninas
mas eu transo so com ele
R.D.A diz:
e ele?
Geovana diz:
tb acho que so comigo, ele fala que nao tem graça com outra menina
ele fala que fui a melhor menina que ela ja transou
isso é outra coisa que é incrivel, sabe eu nao tinha praticamente experiencia quando a gente transou, mas com ele eu me solto
R.D.A diz:
sim vc não pudores com ele
ate por tudo que ja viveram juntos e tal
Geovana diz:
é ma antes eu tinha vergonha ate de ficar de calcinha na frente dele
R.D.A diz:
ah mas qdo vamos nos envolvendo de outra maneira, ficamos mais proximos e tendemos a nos soltar mesmo
Geovana diz:
me fala uma coisa, nao se preocupe que nao vou me ofender, vc ja tinha ouvido falar de algo assim entre irmaos ou so comigo/
R.D.A diz:
entre irmão não
entre primos e tal sim
quer dizer
antigamente muitos irmãos se casavam ate
Geovana diz:
ha sim, mas primo ate pode casar aqui no Brasil
R.D.A diz:
era bem normal
casavam ou tinham filhos
ja ouvi varias historias
só ainda não tinha acompanhado uma como a sua
mas no seu caso não creio que seja algo assim
acredito que isso vai passar
sabe Geovana
tem fases na nossa vida que são assim
de descobertas
parece que tudo é eterno
mas vivemos fantasias
fantasias maravilhosas logico
Geovana diz:
sim, mas é muito forte sabe
R.D.A diz:
eu entendi bem o que vc sente
logico que é muito intenso
muito forte
tem tesão, tem pegada tem amor
mas me responde uma coisa
como vc ve sua vida?
o que vc quer pra vc?
Geovana diz:
então, eu me sinto bem, mas com medo
R.D.A diz:
Quer enfrentar a todos e ficar com ele pra sempre
como marido e tal
futuramente
Geovana diz:
ha mas isso nao tem como, ai sim seria loucura
e tem as coisas que ele me fala, pra ele é so sexo, ja conversamos uma vez sobre isso..
R.D.A diz:
foi o que disse pra vc
pra ele é uma fantasia
e pra vc tb, mas vc esta mais sensivel a esse "jogo"
Geovana diz:
sabe, ele esta indo estudar em outra cidade faculdade, e estou terminando o 2do grau, e minha mae falou que vou fazer cursinho la com ele, se tem noção?
quando minha mae falou isso ele me olhou e sorriu , depois me falou no ouvido, maninha de prepara vamos por o ap abaixo
R.D.A diz:
Geovana, acho que vc não deve levar isso muito a serio
tenta entender o que vc sente realmente por ele
e o que vcs estao vivendo
essas fantasias vao passar
Geovana diz:
quer dizer que vc nao acha de tudo errado?
R.D.A diz:
logico que não
Geovana diz:
é bom ouvir isso tem dias que me acho um ET
R.D.A diz:
a gente nessa idade passa por experiências assim
"diferentes"
cada um de uma maneira
Geovana diz:
vc tem irmão?
R.D.A diz:
não, mas tenho primos
Geovana diz:
nem queira irmao é uma tentação
R.D.A diz:
hahaha
Geovana diz:
eu que o diga
R.D.A diz:
mas relaxa
Geovana diz:
nao tenho foto dele aqui pra e mostrar mas vou pegar uma no cmputador dele e te mostro, lindo demais
R.D.A diz:
acredito que seja mesmo
pra vc sentir tudo isso por ele
mas procura pensar diferente nessa situação
Geovana diz:
mas foi ele que fez isso acntecer
R.D.A diz:
não deixa que isso te atormente
Geovana diz:
tem vezes que penso , nossa ele me usou
me seduziu
R.D.A diz:
eu vou repetir o que penso
Geovana diz:
irmã
minha cabeça da voltas
R.D.A diz:
ele tem vc como uma fantasia
Geovana diz:
tipo fantasia de transar com a irma? vc fala?
R.D.A diz:
sim
exatamente assim
fantasia pq sente atraçao por vc
pelo proibido
por transar com a irma sim
Geovana diz:
sim, bem proibido por sinal
R.D.A diz:
é mas cabe a vc decidir o que vale a pena
Geovana diz:
essa é a parte dificil
R.D.A diz:
dificil pq vc sabe a resposta
Geovana diz:
sabe meu maior medo mesmo é alguem descobrir
R.D.A diz:
e seguir o que vc acredita certo seria terminar a diversão
Geovana diz:
porque o resto é uma adrenalina so
R.D.A diz:

sim sim
o que mais motiva essa relação é exatamente a adrenalina
mas essas coisas passam Geovana
Geovana diz:
sabe eu nunca contei isso pra ninguem, nem minha melhor amiga sabe
R.D.A diz:
é mas uma hora precisamos né
ate pra entender o que esta acontecendo de verdade com a gente
falando ou escrevendo as coisas ficam mais claras dentro de nos
Geovana diz:
se isso chega nos ouvidos da minha mae acho que me manda pra ciberia
R.D.A diz:
provavelmente
Geovana diz:
ops falando nela, pera um minuto nao quero que ela leia
R.D.A diz:
ta

sábado, 21 de agosto de 2010

BRINCANDO COM A MANINHA!!

IRMÃO E IRMÃ DEPOIS DA AULA

CASAL DE IRMÃOS FLAGRADOS EM PLENO SEXO!

IRMÃOS CARINHOSOS ( VIDEO REAL RUSSO )

HERMANITA ( ESPANHOL)



En aquel entonces yo tenía unos diecinueve años, acababa de iniciar mis estudios de universidad. Mi hermana acababa de cumplir los dieciocho. Ese verano suspendí bastantes asignaturas, así que tuve que pasármelo en casa, mi hermana le pasó lo mismo, así que mis padres decidieron dejarnos por allí solos todo el mes de agosto.
Todo empezó un día en que entré a la habitación de mi hermana para preguntarle una tontería sobre la casa, se estaba duchando, así que me respondió desde el baño, mientras me hablaba miraba aquí y allí, y me fijé en que tenía el diario abierto sobre la mesa, empecé a hojearlo, teléfonos, direcciones sin más, y entre ellas encontré una dirección de correo con la password, eran el nombre de mi hermana con un número, las normales que se suelen usar. No le di mas importancia, pero aquellos datos se me quedaron en la memoria.

Esa noche estaba yo navegando por Internet en el PC de mi habitación, ya estaba bastante aburrido, así que se me ocurrió entrar en la dirección de correo de mi hermana, no era algo muy ético, pero no me esperaba ni mucho menos encontrarme lo que me encontré. La verdad es que al conectarme y darme el saludo inicial, vi que estaba bastante llena de cosas, empecé a investigar. Tenía varios directorios: "fotos", "videos", "historias", ... y alguno más. Empecé por los dos primeros, me imaginé encontrarme fotos de Brad Pitt y videos de los Back Street Boys, pero cuál fue mi sorpresa cuando me encontré fotos porno, bueno, aquello era auténticamente hardcore, la mayoría de mujeres ensartadas por enormes pollas, por el coño, el culo, por ambos, muchas escenas de BDSM, fotos de mujeres raptadas y violadas salvajemente, algunas muy jóvenes, aquello me dejó alucinado, pasé al directorio de videos, y era más de lo mismo, especialmente había un montón de videos de películas que simulaban violaciones, algunas parecían más que reales, y muchos videos de manga en donde a la niñas manga las violaban todo tipo de entes. La verdad es que aquello no podía ser de mi hermana, sólo alguien tremendamente depravado y perverso podía almacenar aquello. Todavía sin recuperarme pasé al ultimo directorio. Allí había un montón de e-mail de un montón de tíos, empecé a leerlos. Según parece mi hermana había puesto algún anuncio en alguna pagina web y la escribían un montón de hombres, le contaban todo tipo de historias, de cómo la follarían, la violarían, y según por sus respuestas, a ella le encantaba. Según pude averiguar después de varias horas leyendo todos esos e-mail, a mi hermana le encantaría que la violaran salvajemente, entre cuantos más hombres mejor, era una autentica salida. Lo peor vino al final, había un directorio llamado "mis fotos", me temí lo peor, y así fue, eran fotos de mi hermana, las había difuminado la cara, pero era ella, reconocía su habitación y su cuerpo, la mayoría sobre la cama, metiéndose un enorme pepino en el coño, o con un otro más pequeño por el culo, y algunas con ambos a la vez. Aquello me dejó helado, mi hermana no sólo era una salida, sino una ninfómana, y por aquellas fotos, estaba buenísima, nunca me había fijado en lo buena que estaba, sus pechos eran más grandes de lo que pensaba, muy redondos y puntiagudos, y se depilaba el sexo.

Pasé aquella noche sin dormir, no paraba de darme vueltas todo lo que había visto sobre mi hermanita. A la mañana siguiente salí pronto, le dejé un mensaje a mi hermana en la nevera de que estaría todo el día fuera. No hacía más que andar por la ciudad, no me podía quitar de la cabeza todas esas fotos, y al final siempre acaba imaginándome a mi follando o sodomizando el culito de mi hermana. A media tarde estaba ya cansado y decidí volver. Tenía que hablar con ella.

Llegué a la puerta de la casa, pero antes de abrir, me extrañó que oía ruidos raros dentro, puse la oreja pegada a la puerta, y aquello eran jadeos. Di la vuelta y entré por detrás muy despacio sin hacer ruido. Sí, aquello eran una mujer y varios hombres gritando y jadeando. Me acerqué al salón, allí había una película de video, una mujer con las manos atadas a las piernas era doblemente penetrada por dos negros, mientras mi hermana estaba a cuatro patas, delante de la tele, completamente desnuda, tenía un pepino metido en el coño y se metía y sacaba otro más pequeño en el culo y jadeaba de placer como una loca - "SIIIIII SIIIII FOLLLADME, FOLLLADDDMME, ROMPEDME EL CULO, ROMPÉDMELO AHHHHHHH" gritaba casi fuera de sí.

Estuve un rato viendo aquello, estaba (incesto) a punto de correrme, antes salí de casa tal y como había llegado. Ya no podía soportar más aquella situación, tenía que hacer mía a mi hermanita, pero tal y como a ella le gustaba.

Esa noche entré en su cuarto, estaba durmiendo sólo con una camiseta y unas braguitas, hacía mucho calor. Me acerqué a su cama. Llevaba unas cuerdas, así que la puse boca abajo y le até las manos a la espalda. Ella se despertó sobresaltada, pero cuando quiso darse cuenta estaba atada.

- "Así que eres una putita" la dije mientras que la tumbaba en la cama y le movía la cabeza para que pudiera verme. Estaba completamente desnudo, y mi polla estaba bastante excitada, y la verdad es que era de un tamaño bastante considerable. Entonces me senté en la cama a su lado, la cogí la cabeza con mis manos y le obligué a que se comiera todo mi rabo, ella intentaba gritar y patalear, pero no podía hacer nada, mi rabo entraba y salía de su boca una y otra vez " Chupa, puta, chúpalo" la gritaba fuera de mí.

Cuando ya tenía la polla bastante caliente, decidí parar un rato, la volteé para ponerla boca arriba, se quejó, en esa postura se presionaba los brazos y la dolía, le arranqué la camiseta en respuesta a sus quejas. Allí estaba sólo en braguitas, y vaya tanguita. Me arrojé sobre sus pechos y empecé a morderlos, apretarlos, magrearlos, eran lo más increíble que había visto nunca.

"Por favor, déjame, déjame" me suplicaba ella. pero yo seguía apretándole los pechos y mordiéndole los pezones. "Ah, ah, me haces daño AH AH" gritaba.

Aquello me ponía cada vez más cachondo. La verdad es que la manejaba como una pluma, yo soy mucho más grande y fuerte que ella, no me hacía falta ni atarla, pero eso me excitaba más a mí, y creo que a ella también. Así que decidí atarla tal y como había visto en la película. Le até cada tobillo a la muñeca de la mano de su lado, de esa manera estaba completamente abierta para mí. Ella sabía lo que la iba a hacer, me suplicaba y lloraba, pero yo ya era un animal de lujuria. Así la puse encima de la cama, y la penetré el coñito de un solo golpe, no me sorprendió la facilidad con que la perforé, estaba completamente húmedo y lubrificado, creo que ya se había corrido.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Gritó al sentirse perforada. 'Te gusta que te follen así, verdad, toma, toma" la gritaba mientras la perforaba una y otra vez, era como un pozo petrolífero, y yo la perforaba una y otra vez. Mientras que lo hacía se agarraba a sus tetas como si fuesen un salvavidas, Dios cómo las apretaba cada vez que mis huevos tocaban sus nalgas. Sentía cómo su cuerpo vibraba ante cada una de mis embestidas. Su cara representaba la viva imagen de la lujuria contenida, estaba gozando como una autentica zorra. No pude contenerme más y me corrí con saña en su coño, casi hasta reventarlo. Ella no pudo reprimirse más y gritó de placer mientras se corría a la vez 'SIIIIIIIIIIIIIII" gritaba, fueron unos segundos increíbles. Al final se la saqué y me quedé sentado, descansando un momento, ella estaba allí retorciéndose.

"FÓLLAME EL CULO, POR FAVOR, NO ME DEJES ASI, RÓMPEME EL CULO, NO PUEDO AGUANTAR MÁS" me suplicaba. La desaté, estaba dispuesto a sodomizar a mi hermana. La cogí en brazos y la llevé al salón, nos tumbamos en el sofá, yo debajo y ella encima de mí, ella me chupaba la polla y yo le hacía lo propio con su inundado coñito. No pasó mucho antes de que mi polla creciera en la boca de mi hermanita, ella se aplicaba con esmero, qué manera de chupar, evidentemente la práctica con los pepinos le había servido de mucho.

Mi polla ya estaba otra vez como el palo de la escoba, antes le excité un poquito su ano, que se abría ante el tacto de mi dedo y notaba cómo todo su cuerpo se retorcía. Al final la levanté, la puse en el suelo, encima de la alfombra a cuatro patas, como estaba ese medio día, yo me puse por detrás, ella se abrió completamente. "RÓMPEMELO, RÓMPELOOO", yo puse mi polla en la entrada de su culito, era descomunal la diferencia, ella se volvió y me miro con ojos de lujuria como no los he visto nunca "NO, DESPACIO, NO, QUIERO QUE SEAS BRUTAL, RÓMPEME, RÓMPEME, ME ABRASO, NECESITO TU POLLA ABRIENDO MI CULO YAAAAA".

Aquello terminó de sacarme de quicio, le abrí las nalgas y empecé a empujar, me costaba un enorme esfuerzo, incluso me dolía la polla, pensé que podría partirse antes de perforar ese culito, ella gritaba como una cerda "AAAAAAAAAAAAAAUUUUUUUUUUUUUUUAHHHHHHHHHHHHHHHHHHH SIIIIIIIIIIIIIIIIIII MAAAAAAAAAAAAAAASSSSSSSSSSSSSSSS" gritaba, se retorcía como un demonio, al final decidí cogerle de los pechos y empitonarla hasta el fondo, en dos empujones mi polla quedó encajada y perforando todo su ano, ella seguía gritando y jadeando, me contagió toda su lujuria, empecé a follarla como nunca lo había hecho, era como si montase un animal salvaje, mi polla al principio de costaba moverse en su estrecho culito, pero al final se fue dilatando y me era más fácil penetrarla una y otra vez. No sé el tiempo que estuve sodomizándola, ella estuvo a punto de perder el sentido, se tocaba el coño de vez en cuando, creo que se corrió varias veces, yo cuando no me pegaba a ella y agarraba sus tetas, la cabalgaba como una yegua, al final era tal la fuerza con que la embestía que la tumbé en el suelo, completamente abierta y ensartada, allí me corrí como un toro en su culito, ella se corrió a la vez.

Por primera vez allí, en el suelo, con mi polla en su culo, nos besamos. Aquello sólo fue el principio, ese fue el verano más caliente de mi vida, y todavía de vez en cuando quedamos un fin de semana, nos escapamos y follamos como locos, como la primera vez.
VIVA EL INCESTO!!!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Meu irmão me come desde pequena ( By Camila )




Meu irmão me come desde pequena - OLA PESSOAL EU ME CHAMO CAMILA,TENHO 17 ANOS E TENHO UMA ESTORIA QUE TALVEZ VC GOSTE.USO O E-MAIL DO MEU IRMAO,PORQUE ELE NÃO DEIXA,PARA NÃO DAR PROBLEMA COM ELE NÃO TENHO NENHUM E-MAIL EM NENHUM SITE,VAI QUE ELE DESCOBRE,COMO NÃO QUERO QUE ELE ME BATA NÃO CORRO O RISCO.MEU IRMAO É 8 ANOS MAIS VELHO,TEM 25 ANOS ,ALTO,CORPO NORMAL,BRANCO ,PUXOU MEU PAI,EU SOU BRANCA,CORPO TAMBEM NORMAL MAIS COM UMA ANOMALIA,QUADRIL GRANDE COM UMA BUNDA TAMBEM ENORME,SOU PEQUENA MEDINDO 1.50cm.TUDO COMECOU POR CAUSA DESTA BUNDA QUE TENHO,AOS 12 ANOS.
EU E MEU IRMAO MORAMOS EM UMA CASA DE 2 ANDARES COM MEUS PAIS.MINHA MAE

TAMBEM TEM BUNDA ENORME,TIVE A QUEM PUXAR,NÃO TRABALHA,MEU PAI TEM UMA EMPRESA ONDE MEU IRMAO TRABALHA DESDE DOS 18 ANOS COMO MOTORISTA DE UMA KOMBI.POIS BEM,VAMOS A ESTORIA QUE É UM POUCO LONGA MAIS VC VAI GOSTAR,MEU IRMAO E EU TINHAMOS UM QUARTO PARA OS DOIS QUE SEMPRE DIVIDIMOS,E NOS TROCAVAMOS SEM NENHUM PROBLEMA UM NA FRENTE DO OUTRO,MAIS UM DIA QUANDO CHEGAVA DO COLEGIO ESTAVA TIRANDO A ROUPA PARA TROCA-LA,QUANDO ESTAVA SEM CALCINHA OLHEI PARA O ESPELHO DO ARMARIO ONDE ESTAVA ME TROCANDO,VI MEU IRMAO SEGURANDO SEU PINTO POR CIMA DO SHORT E OLHANDO PARA MINHA BUNDA,DIZENDO.

-MANINHA VC TEM UMA ENORME,IGUAL A DA MAMAE.

SEM SABER EM MALDADE NENHUMA CONTINUEI ME TROCANDO INOCENTEMENTE,MAIS MINHA CURIOSIDADE ME FEZ PERGUNTAR O QUE ELE ESTAVA FAZENDO.

-O QUE VC TA FAZENDO NO SEU PINTO.

-NADA,NADA CAMILA(RESPONDEU MEU IRMAO)

LOGO ELE FOI PARA O BANHEIRO.MAIS TODAS AS VEZES QUE EU CHEGAVA DO COLEGIO JUNTO COM ELE,ELE COMECOU A FICAR MAIS NO QUARTO JUSTAMENTE NA HORA QUE EU TIRAVA A ROUPA,PRINCIPALMENTE A SAIA DO COLEGIO E A CALCINHA,NESSA HORA ELE FAZIA AQUILO,SEGURANDO NO PINTO,LOGO DEPOIS CORRIA PARA O BANHEIRO,VENDO ELE FAZER SEMPRE ISSO ACHEI ESTRANHO,IMAGINEI QUE SEMPRE DAVA VONTADE NELE DE FAZER XIXI E TINHA QUE IR CORRENDO,MAIS MINHA CURIOSIDADE ME FEZ IR NA PORTA DO BANHEIRO E VER NO BURACO DA FECHADURA,QUANDO OLHEI VI MEU IRMAO SENTADO NA PRIVADA SEM ROUPA SEGURANDO SEU PINTO,MAIS SEU PINTO ESTAVA DE UM JEITO QUE EU

NUNCA TINHA VISTO,POR QUE ERA NORMAL TROCARMOS DE ROUPA NA FRENTE UM DO OUTRO E DO JEITO QUE SEU PINTO ESTAVA NUNCA TINHA VISTO,ESTAVA MAIOR DO QUE O NORMAL,ACHEI ESTRANHO,MAIS TODOS OS DIAS ERA ASSIM,DEPOIS QUE VIA MINHA BUNDA ELE CORRIAPARA O BANHEIRO,E EU ATRAZ PARA OLHAR NO BURACO DA FECHADURA O QUE ELE FAZIA,E FAZIA SEMPRE A MESMA COISA COM O PINTO.PERCEBENDO ISSO NOTEI QUE ELE FICAVA ASSIM COM O PINTO SEMPRE DEPOIS QUE OLHAVA MINHA BUNDA,ELE SEMPRE GOSTOU DA MINHA BUNDA,QUANDO BRINCAVAMOS DE MANEQUIM E DESFILE,EU DESFILAVA E ELE ERA O JURADO,SEMPRE DAVA NOTA DEZ PRA MINHA BUNDA,MODESTA A PARTE NEM CARLA PEREZ DA PRO PARIO,COMECEI A GOSTAR DA BRINCADEIRA.UM DIA TIVE QUE SAIR MAIS CEDO DO COLEGIO CHEGUEI EM CASA TIREI MINHA CALCINHA E DEITEI PENSANDO NO QUE VIA TODOS OS DIAS QUANDO CHEGAVA EM CASA,OLHANDO NO BURACO DA FECHADURA,MAIS HOJE NÃO.PENSAVA NISSO NÃO COM O TOM QUE VCS ESTAO PENSANDO,PARA O LADO DO TESAO,NEM PASSAVA ISSO PELA MINHA CABECA,E SIM PELO LADO DO NOVO DA CURIOSIDADE,PENSANDO NISSO ME VIREI DE BARRIGA PARA BAIXO DE BUNDA PRA CIMA E ADORMECI.MINHA MAE NÃO ESTAVA EM CASA,MEU IRMAO CHEGOU E ME VIU COMO EU ESTAVA,DORMINDO,MAIS ACORDEI COM ELE TENTANDO LEVANTAR MINHA SAINHA,MAIS FINGI QUE AINDA DORMIA,ELE COM MEDO,CERTIFICOU-SE SE ESTAVA MESMO DORMINDO,ME EMPURRANDO UM POUCO PARA ME BALANCAR,CERTIFICANDO QUE SIM COMECOU A LEVANTAR MINHA SAINHA,TOMOU UM SUSTO QUANDO DESCOBRIU QUE EU ESTAVA SEM CALCINHA.

-PUTA QUE PARIU,ELA ESTA SEM CALCINHA,CAMILA QUE BUNDA ENORME VC TEM(FALAVA ISSO BAIXO MURMURANDO PARA NÃO ME ACORDAR)

A PORTA DO ARMARIO QUE TEM UM ESPELHO ESTAVA ABERTA E PUDE VER QUE ELE ESTAVA DE CUECA COM O PINTO PRA FORA PELO LADO DA CUECA,E ELE FAZIA AQUILO QUE FAZIA NO BANHEIRO,EU COM OS OLHOS UM POUQUINHO ABERTO VIA PELO ESPELHO.ELE COMECOU A ALIZAR MINHA BUNDA COM A MAO,ALIZAVA,PASSAVA O DEDO NO REGO E MEDIACOM A MAO DIZENDO.

-ELA É ENORME,OLHA SO.MINHA NOSSA

ACHO QUE ELE NÃO RESISTIU E ENCOSTOU A BOCHECHA NA MINHA BUNDA E COMECOU A ALIZAR O ROSTO NELA,ALIZAVA,CHEIRAVA,PASSAVA A BOCA,TUDO BEM DE LEVINHO,COM ISSO ME DAVA UM ARREPIO,MAIS NÃO PODIA ME MOVER,POR QUE SE NÃO ELE IA PERCEBER QUE EU ESTAVA ACORDADA.DO JEITO QUE DEITEI FIQUEI COM A MAO ESPALMADA PARA CIMA ,FOI QUE AI ELE COLOCOU O SEU PINTO NA MINHA MAO,SENTI ELE QUENTE,NÃO PODIA FAZER NADA PARA MATAR MINHA CURIOSIDADE DE VER UM PINTO EM UM ESTADO QUE NUNCA TINHA VISTO,ELE ESCUTOU BARULHO LA EM BAIXO,ERA MAMAE CHEGANDO DA RUA,ELE SE ASSUSTOU,BOTOU SEU PINTO PRA DENTRO DA CUECA E ANTES DE SAIR PRO BANHEIRO,ELE DEU UM BEIJO EM CADA BANDA DA MINHA BUNDA,DIZENDO.

-TCHAU BUNDAO

EU FINGI QUE ESTAVA ACORDANDO E O VI SAINDO DO QUARTO,ELE NEM DESCONFIAVA QUE EU TINHA VISTO TUDO O QUE ELE FEZ COMIGO,EU PARA NÃO PERDER O COSTUME FIU AO BURACO DA FECHADURA,LA ESTAVA MEU IRMAO FAZENDO AQUILO,AGORA EU JÁ TINHA A CERTEZA DE QUE ERA POR CAUSA DE MINHA BUNDA.ME DISSE UM TEMPO DEPOIS,QUE AQUILO QUE FAZIA E QUE EU VIA ERA UMA GOSTOSA PUNHETA.

OS DIA SE PASSARAM,ACONTECENDO ISSO TODOS OS DIAS SEM ELE SABER QUE EU SABIA E ELE ACHANDO QUE EU NÃO SABIA,MAIS SABIA E JÁ OLHAVA MAIS PARA O PINTO DO MEU IRMAO.UM DIA DE SABADO PAPAI E MAMAE TIVERAM QUE VIAJAR PARA PAGAR O CASEIRO NO SITIO SO VOLTARIAM A NOITE,EU ANDAVA DE BICILCLETA QUE TINHA GANHO DE ANIVERSARIO DE 13 ANOS,MAIS CAI EM UMA MANOBRAMEU IRMAO NA JANELA ESTAVA OLHANDO E SAIU AO MEU SOCORRO ENTRANDO A BICICLETA E ME COLOCANDO NO SOFA,EU CHORAVA,MAIS ME ACALMOU DIZENDO QUE NÃO ERA NADA,MAIS ESTAVA SENTINDO DOR NAS COSTAS,PEDIU ERNTAO QUE ME DEITASSE NO SOFA PARA EXAMINAR,EU ESTAVA DE MACACAOZINHO E CAMISETA,TIROU A ALCA DO MACACAO E TIROU TODO ELE SO ME DEIXANDO DE CAMISETA,CALCINHA MEIA E SAPATO(AQUELES DE COLEGIO)E REALMENTE TINHA FICADO ROXO.

-É,FICOU UM POUCO ROXO,MAIS NÃO É NADA,NADA COMO UMA MASSAGEM PARA PASSAAR(DISSE MEU IRMAO)

PEDIU QUE DEITASSE NO TAPETE NO CHAO DE BARRIGA PARA BAIXO,SENTOU EM CIMA DAS MINHAS PERNAS E COMECOU A MASSAGEAR MINHAS COSTAS,MAIS EM UM CERTO MOMENTO DISSE.

-A DOR É MAIS EMBAIXO VOU TER QUE ABAIXAR A CALCINHA.

ELE FEZ ABAIXANDO A CALCINHA ATE A COXA DEIXANDO MINHA BUNDA PRA FORA,E CONTINUOU A MASSAGEM,SO QUE ELE MASSAGEAVA E IA COM O SEUS DEDOES NO MEU REGO E DESCIA PELO RASGO DA BUNDA ABRINDO AS BANDAS MOSTRANDO MEU CUZINHO PRA ELE,IA NAS COSTAS E DESCIA FAZENDO ISSO,SUBIA E DESCIA VINDO PELO RASGO ABRINDO E PARAVA COM ELA ABERTA.EU INOCENTE NÃO MALDAVA NADA ACHANDO QUE AQUILO ERA NORMAL,MAIS ME LEMBRAVA DE QUE ELE DEVERIA ESTAR COM O SEU PINTO DAQUELE JEITO POR ESTAR VENDO MINHA BUNDA,FOI QUANDO DISSE QUE IRIA DAR UM JEITO NA DOR QUE ERA PARA EU FICAR CALADA E NÃO FALAR NADA.

-VOU COLOCAR UM REMEDINHO QUE VAI PASSAR A SUA DOR.

ELE ABRIU MINHA BUNDA DAQUELE JEITO QUE FAZIA,SENTI UMA COISA GELADA CAIR BEM NO OLHINHO DO MEU CUZINHO(SOUBE DEPOIS DE MUITO TEMPO VENDO ELE FAZER QUE ERA QUANDO ELE DEIXAVA CAIR UM CUSPE)ELE ESCOSTOU IMAGINEM VCS O SEU PINTO QUE JÁ ESTAVA PARA FORA PELO LADO DO SHORT NO MEU CUZINHO E DISSE .

-VOU COLOCAR UM REMEDINHO EM VC QUE VAI MELHORAR SUAS COSTAS,MAIS VC NÃO PODE FALAR PRA NINGUEM.

DEU UMA EMPURRADINHA QUE DOEU E COLOCOU TUDO(FUI SABER DEPOIS QUE NÃO DOEU MUITO POR QUE MEU IRMAO NÃO TINHA PIRU MUITO GRANDE)

-AAAAAIIII,TA DOENDO.

-CALA A BOCA NÃO FALE NADA,É PRA MELHORAR A SUAS COSTAS.

EU ALI SENDO ENRABADA PELA PRIMEIRA VEZ,SEM SABER O QUE ESTAVA ACONTECENDO,ACHANDO QUE AQUILO ERA MESMO PARA MELHORAR AS MINHAS COSTAS(SANTA INOCENCIA).ELE CONTINUOU,SAIU DE CIMA DAS MINHAS PERNAS,TIROU SEU PINTO DE DENTRO DO MEU CU,TIROU MINHA CALCINHA TODA,FICOU DE AJOELHADO,EU AINDA ESTAVA DEITADA DE BARRIGA PARA BAIXO,ME PEGOU PELA CINTURA,ME COLOCANDO QUASE PLANTANDO BANANEIRA,

-AI.EU VOU CAIR

-NÃO ,NÃO VAI,CALA A BOCA JÁ DISSE(DISSE MEU IRMAO)

COLOCOU MINHAS PERNAS NO SEU OMBRO COLOCANDO BARRIGA COM BARRIGA,MAIS EU DE CABACA PARA BAIXO,E COLOCOU SUA CARA NO MEIO DAS MINHAS PERNAS COLOCANDO A LINGUA NO MEU CU,NÃO AGUENTEI E DISSE.

-PARA,PARA FAZ COSQUINHAS

ELE ABAFADO COM MINHA BUNDA NA SUA CARADISSE

-FIFA QUIETA,VOFE SE AFUSTUMA

EU ALI DE CABACA PARA BAIXO NA MAO DO MEU IRMAO QUE METIA A LIGUA NO MEU CU,MAIS FOI QUE NOTEI QUE ESTAVA CARA A CARA COM O PINTO DELE QUE A MUITO NÃO VIA NAQUELE ESTADO,E MESMO ASSIM SOMENTE PELO BURACO DA FECHADURA,MEMSO TAO PERTO SO OLHEI,FIQUEI TAO INTERECADA EM VER DE TAO PERTO QUE ESQUECI QUE ESTAVA ALI DE PONTA CABECA COM O MEU IRMAO NO MEU CU,E NEM PERCEBI QUE ELE TINHA SE LEVANDADO E TINHA SE APOIADO COM AS COSTA NA PAREDE,NEM MESMO ESTAVA PREOCUPADA SE PODIA CAIR OU NÃO,ESTAVA NA MAO DO MEU IRMAO,ME SOLTEI,ESTAVA ENEBRIADA SO DE ESATR ALI VENDO CARA A CARA COM UM NEGOCIO TAO CURIOSO,QUE PARA MIM ERA NOVIDADE,PRIMEIRA VEZ QUE ESTAVA VENDO UM PINTO DURO BEM PERTO.MEU IRMAO FOI ME COLOCANDO NO CHAO EM PE,ME COLOCOU NO SOFA DE QUATRO, ABRIU MINHA BUNDA E DENOVO DEIXOU CAIR UM CUSPE NO OLHO DO MEU CU,E APONTOU DENOVO SEU PINTO NELE E FOI ENFIANDO DIZENDO.

-AGORA VC VAI MELHORAR ESTA DOR COM ESTE TRATAMENTO.

-QUE BOM,POR QUE TAVA DOENDO MUITO(DISSE EU NA MINHA SANTA INOCENCIA,ACHANDO QUE ERA MESMO UM TRATAMENTO)

ELE ALI INDO E VINDO BOMBANDO DIZENDO QUE JÁ JÁ ELE IRIA COLOCAR UM REMEDINHO DENTRO DA MINHA BUNDINHA,LOGO ME DISSE QUE IRIAMOS LA PRA CIMA, MAIS PENSEI QUE EU IRIA NORMALMENTE SUBIR AS ESCADAS,ME ENGANEI, ELE ME PEGOU PELA CINTURA COM AS DUAS MAOS E ME EMPREENSOU EM SEU CORPO,FAZENDO SEU PINTO ENTRAR MAIS UM POUCO E ME LEVANTOU,SEM TIRAR O PINTO DE DENTRO DA MINHA BUNDA ELE COMECOU A ANDAR NA DIRECAO DA ESCADA COMIGO PINDURADA SOMENTE SEGURA PELAS SUA MAOS,SEU PINTO SERVIA COMO TRAVA PARA NÃO CAIR,POR QUE NÃO SEI SE LEMBRAM,MEU IRMAO E ALTO E EU PEQUENA,COM ISSO FIQUEI ESPETADA NO SEU PINTO ENQUANTO ELE ANDAVA E SUBIA AS ESCADAS SEM EU NEM MESMO COLOCAR OS PES NO CHAO SO PARA TEREM UMA IDEIA DO TAMANHO DO MEU IRMAO,LA EM CIMA PAROU NA PORTA DO BANHEIRO E DISSE.

-VOU COLOCAR O REMEDINHO EM VC E LOGO DEPOIS QUERO QUE VA TOMAR BANHO

UNS 3 MINUTOS DEPOIS ELE SOLTA UMA COISINHA DENTRO DE MIM.

-VC TA COLOCANDO O REMEDINHO

-TO

-EU TO SENTINDO

-VAI MELHORAR SUAS COSTAS.

IMAGINEM MINHA INOCENCIA,O QUE REALMENTE MEU IRMAO ESTAVA FAZENDO ERA COMENDO O MEU CU E DANDO UMA BOA ESPORRADA DENTRO DA MINHA BUNDA,DEPOIS DE UM TEMPO FUI SABENDO QUE O QUE FAZIA NÃO ERA NADA DE TRATAMENTO NADA,MAIS NAS PRIMEIRAS VEZES ACREDITEM EU ACHAVA QUE ERA,EU NÃO MALDAVA.TODOS OS DIAS TINHA TRATAMENTO NA HORA DE DORMIR.FIQUEI MAIS APEGADA A MEU IRMAO,MEUS PAIS ESTAVAM GOSTANDO POR GOSTAVAM QUE EU ABEDECESSE MEI IRMAO NA HORA QUE TINHA QUE SUBIR,MEU IRMAO FALAVA,CAMILA TA NA HORA DE DORMIR,EU ACOMPANHAVA ELE,ATE HOJE EU OBEDECO MEU IRMAO SEM PESTANEJAR,MAL SABIAM MEUS PAIS QUE MEU IRMAO ESTAVA SENDO SEVERO COM O HORARIO DE DORMIR,POR OUTRA COISA,DAVAMOS BOIA NOITE E SUBIAMOS,MEU IRMAO TRANCAVA A PORTA DO QUARTO,E COMECAVA O TRATAMENTO COM REMEDINHO E TUDO,ME TIRAVA A CALCINHA DAVA A TRADICIONAL CHUPADA NO MEU CU ,PEDIA QUE EU ABRISSE MINHA BUNDA E APONTAVA E DEPOIS BOMBAVA ATE SOLTAR O TAL REMEDINHO.O TEMPO FOI PASSANDO MEU IRMAO COM O TRATAMENTO TODAS AS NOITES MAIS A MUITO NÃO VIA O PINTO DO MEU IRMAO,TAMBEM PUDERA ELE SO FICAVA ATRAZ ,RESOLVI ARRISCAR E IR NA CAMA QUE ELE ESTAVA E SABIA QUE DURMIA SEM ROUPA,QUANDO TIREI SUAS COBERTAS LA ESTAVA O PINTO DO MEU IRMAO FIQUEI ALI OLHANDO SEU PINTO MAIS TOMEI UM SUSTO,MEU IRMAO ACORDOU ME PEGOU E ME FEZ SUBIR EM CIMA DELE AO CONTRARIO,DEPOIS COM O TEMPO FOI QUE FUI SABER QUE O QUE FEZ COMIGO FOI UM 69,TIROU MINHA CALCINHA COMO UM RELAMPAGO E DISSE .

-TA MUITO CURIOSA PARA CONHECER ELE NÃO E CAMILA,ENTAO PEGA NELE

EU SEM JEITO NENHUM NÃO SABIA NEM COMO PEGAVA,MAIS ELE FOI ME MOSTRANDO,COMO FAZER,ABAIXANDO E SUBINDO A PELE DO SEU PINTO,FOI AI QUE EU SOUBE QUE ISSO ERA UMA PUNHETA,ELE LA ATRAZ QUE JÁ ESTAVA ACOSTUMADA,PASSANDO A LINGUA NO MEU CU,DEPOIS DE ALGUNS MINUTOS ELE SAIU COM ESSA.

-PASSA A LINGUA NELE

-COMO(PERGUNTEI A ELE)

-COMO SE ESTIVESSE CHUPANDO UM PICOLE

EU NA MINHA INOCENCIA FUI FAZENDO NO INSTINTO COMO SE ESTIVESSE MESMO CHUPANDO UM PICOLE,E PASSAVA A LINGUA NA PONTA DO PINTO EM TODA A EXTENCAO DE SEU PINTO, COLOCAVA ELE DENTRO DA BOCA A PEDIDO DE MEU IRMAO,COMO ELE ME DIZIA EU FAZIA,SENTI ALI PELA PRIMEIRA VEZ UM PIRU NA BOCA,ERA SALGADOFIQUEI ASSIM UM BOM TEMPO ATE QUE ELE ME DISSE QUE NÃO ESTAVA AGUENTANDO E PEDIU QUE PARASSE DE FAZER AQUILO,JUSTAMENTE NAQUELA HORA QUE JÁ ESTAVA GOSTANDO,MAIS O PEDIDO TEVE FUNDAMENTO,30Seg DEPOIS DE TIRAR A BOCA DA PONTA DO SEU PIRU E SO FAZIA O VAI E VEM COM A PELE ELE COMECOU A SOLTAR UM LEITE DA PONTA ,EU IMAGINAVA QUE ELE ESTAVA FAZENDO XIXI,MAIS PERGUNTEI.

-O QUE É ISSO

-É O REMEDINHO CAMILA

-QUE LEGAL

ELE ESPIRRAVA COMO CHAFARIZ,SUJOU TODA A CAMA COM O REMEDINHO COMO FALAVA,LOGO DEPOIS ELE PEDIU QUE SAISSE DE SUA CAMA E FOSSE PRA MINHA,MAIS PEDI QUE ME MOSTRASSE OUTRO DIA ISSO QUE ACONTECEU.

-UM DIA TE MOSTRO DENOVO

DEMOS BOA NOITE E FOMOS DORMIR,BOM ELE DEVE TER DORMIDO,PORQUE EU NÃO CONSEGUI DORMIR COM AQUELA IMAGEM NA MINHA CABECA,UMA SEMANA DEPOIS ELE ME PEGA E ME LEVA PARA O BANHEIRO,MAMAE ESTAVA LA EMBAIXO NA SALA,ME PEDIU QUE EU SENTASSE NA PRIVADA E ELE FICOU ENCOSTADO NA PAREDE NA MINHA FRENTE,ELE ABAIXOU AS CALCAS E DISSE.

-VC NÃO QUERIA VER DENOVO O REMEDINHO SAIR,ENTAO FAZ AQUILO QUE ELE SAI AI DA PONTINHA.

-DAQUELE JEITO IGUAL A PICOLE

-ISSO,MAIS NÃO PODEMOS DESBERDISSAR O REMEDINHO VC PODE BEBER,TROUXE UM COPO PARA VC NÃO DEIXAR ELE CAIR NO CHAO CAMILA.

AI COMECEI A FAZER AQUILO COM A LINGUA E A BOCA,FAZENDO AQUELE SOBE E DESCE COM A PELE DO PINTO(PUNHETA)ATE QUE ELE DISSE.

-O REMEDINHO TA VINDO,COLOCA A PONTA DELE DENTRO DO COPO,ISSO

MEU IRMAO ESPIRROU DENTRO DO COPO ENCHENDO QUASE DOIS DEDOS DAQUELE LEITE

-PARECE LEITE(DISSE A ELE)

-E BOM PRA SAUDE PODE BEBER FAZ BEM

ELE EMPURRAVA MINHA MAO COM O COPO NA DIRECAO DE MINHA BOCA,EU COMO OBEDECIA E ACREDITAVA EM MEU IRMAO,E ACREDITO ATE HOJE,COLOQUEI NA BOCA E BEBI COMO SE FOSSE LEITE CONDENSADO SO QUE COM UMA DIFERENCA É SALGADO.DIVERSAS VEZES FAZIA ISSO COM MEU IRMAO,CHEGUEI A VICIAR.ATE HOJE SOU TARADA EM PORRA NO COPO,DELE É CLARO.O TEMPO COMO TODOS SABEM NÃO PARA E FOI PASSANDO OS MESES E FUI CONVERSANDO COM AMIGAS E FUI DESCOBRINDO O QUE MEU IRMAO FAZIA COMIGO NÃO ERA NADA NORMAL,QUE NO COMECO NÃO ERA NADA DE TRATAMENTO DE REMEDINHO QUE NADA,MAIS EU TINHA ME ACUSTUMADO COM AQUILO,GOSTAVA,ERAM JÁ 3 ANOS QUASE TODOS OS DIAS FAZENDO ISSO COMIGO,NÃO QUERIA QUE ELE PARASSE COM ISSO,UM DIA NOQUARTO EU FALAI PRA ELE.

-EU SEI TUDO QUE VC FAZ COMIGO,NÃO ERA E NEM É COISA NORMAL ,QUE NAQUELA PRIMEIRA VEZ QUE VC FEZ COMIGO QUANDO CAI DA BICICLETA ,LEMBRA,NÃO ERA TRATAMENTO NADA PARA MELHORAR A DOR,MAIS NÃO FIQUE PREOCUPADO,NÃO FALAREI PRA NINGUEM

-TAMBEM NÃO PODE CAMILA,JAMAIS VC PODE FALAR ISSO PRA NINGUEM(DISSE ELE)

-EU SEI QUE TUDO QUE FAZ COMIGO E SACANAGEM DE HOMEM E MULHER E EU GOSTO.

NOS ABRACAMOS E ELE DISSE

-JÁ QUE CRESCEU E SABES DE TUDO QUANDO FIZERES 16 ANOS IREI TE DAR UM PRESENTE.

-E PARA MOSTRAR QUE EU NÃO QUERO QUE MUDE O SEU JEITO,E NEM MESMO FIQUE PREOCUPADO PENSANDO ALGO,FACA O QUE SEMPRE FEZ NELA EU ADORO,E SEI QUE VC TAMBEM ADORA ELA.

TIREI MINHA CALCINHA DEITEI NA CAMA DE BARRIGA PARA LEVANTEI MINHA SAIA E MOSTREI MINHA BUNDONA QUE ELE TANTO GOSTA,NÃO PRECISAVA FALAR MAIS NADA,ELE VEI E COLOCOU SEU PINTO OU MELHOR SUA PIROCA,COMO ELE MESMO DISSE PARA CHAMAR APARTIR DAQUELE DIA,PINTO ERA COIOSA DE CRIANCA,DENTRO DO MEU CU E NO FINAL SOLTOU TODO O ‘REMEDINHO‘,OU MELHOR ENCHEU MEU RETO COM PORRA.MEU ANIVERSARIO CHEGOU E ELE ESPEROU QUE MEUS PAIS FOSSEMCOM UNS AMIGOS EM UM RESTAURANTE E ME LEVOU PARA O QUARTO,TIROU TODA A MINHA ROUPA E ENFIOU NA MINHA BUNDA COMO DE COSTUME ,PEDIU QUE CHUPASSE ,VES DE TUDO O QUE FAZIA COMIGO,ME COLOCOU EM CIMA DE UMA CADEIRA EM PE DE COSTA PARA ELE PEDIU QUE ABRISSE A BUNDA E COMECOU A PASSAR A LINGUA NO MEU CU,MAIS AI ELE COMECOU A PASSAR A LINGUA MAIS EM BAIXO ACHEI AQUILO DEMAIS,ELE PASSAVA A LINGUA NO MEIO DOS LABIOS DA MINHA XOXOTINHA SEM ENFIAR,AQUILO ERA DEMAIS,ME PEGOU PELA CINTURA ME VIROU DE CABACA PARA BAIXO COMO AUELA PRIMEIRA VEZ QUANDO NOVA,EU JAESTAVA ACOSTUMADA AQUELA POSICAO PORQUE DE VEZ ENQUANDO ELE FAZIA COMIGO,ELE PASSANDO A LINGUA NA XOXOTINHA E EU É CLARO JÁ ACOSTUMADA COM O SEU PINTO NA BOCA.ERA UM 69 EM PE,EU ESTAVA TOTALMENTE ENEBRIADA COM A NOVIDADE,ELE PASSEAVA EM TODO O QUARTO COMIGO DE CABECA PARA BAIXO,TAMBEM PUDERA EU BAIXINHA E ELE ALTO ERA FACIL,ELE ME PEGAVA E ME VIRAVA COMO UMA BONECA EM SUAS MAOS,UMA HORA ENCOSTAVA EM UMA PAREDE,UMA HORA EM OUTRA SENTAVA,A OUTRA LEVANTAVA,EU JÁ ESTAVA SENTINDO UMA COISA ESTRANHA UMA COISA QUE DAVA VONTADE DE GRITAR,ELE ME COLOCOU NA CAMA DE BARRIGA PRA CIMA E COMECOU A PASSAR A LINGUA EM UMA PARTE DA XOXOTINHA QUE ME DEIXOU SEM FOLEGO(DEPOIS ME DISSE QUE ALI ERA O GRELO,ONDE A MULHER SENTE MAIS PRAZER)AI PERGUNTEI A ELE

-PORQUE VC NÃO FAZ IGUAL QUE VC FAZ NA BUNDA

-NÃO,NÃO PODE VC TEM QUE GUARDAR PARA A PESSOA QUE VC UM DIA VAI CASAR,PARA ELE FICAR FELIZ QUE VC É VIRGEM

NA HORA DISSE QUE TINHA ENTENDIDO MAIS NÃO TINHA,HOJE EM DIA E QUE ENTENDI O QUE ERA SE GUARDAR PARA O MARIDO QUE PODERIA SE CASAR COMIGO,MEU IRMAO ALI COM A LINGUA NO CHAMADO GRELO,EU NÃO ME AGUENTAVA E PEDIA PARA PARA

-PARE,PARE POR FAVOR EU NÃO AGUENTO TO SENTINDO UMA COISA ESTRANHA,NÃO SEI O QUE É,PARE,PARE,É UMA COISA ESTRANHA QUE TA ME DANDO VONTADE DE GRITAR DE DESESPERO,EU VOU GRITAR

-GRITA,GRITA CAMILA ESTE É O SEU PRESENTE(DISSE ELE)

-EU VOU GRITAR,EU VOU GRITAR

-GRITE COM FORCA,GRITE CAMILA

-AAAAAAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII,AAAAAAAAAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

AAAAAAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIII.

-ESSE FOI O SEU PRESNTE

-O QUE FOI ISSO,PARECIA QUE EU ESTAVA COM SANTO

-VC GOSOU CAMILA,VC GOSOU PELA PRIMEIRA VEZ NA SUA VIDA

-ME DEUS QUE COISA LOUCA PARECIA QUE EU IA MORRER

-E SEU OUTRO PRESENTE É ESSE

ME SENTOU NA BERADA DA CAMA E PEDIU QUE SEGURASSE SEU SACO ACARICIANDO E COM A OUTRA MAO FIZESSE AQUELA PUNHETA QUE ELE GOSTA SEGUNDOS DEPOIS ELE FALA QUE TA NA HORA DO PRESENTE EU NÃO SABIA O QUE ERA ELE SO PEDIU QUE EU COLOCASSE SUA PIROCA NA BOCA,QUANDO ACABEI DE COLOCALA ELE SOLTA TODA SUA PORRA NA MINHA BOCA,EU SABIA QUE PODIA ENGOLIR POR QUE FAZIA ISSO BEBENDO DO COPO MAIS A PORRA ERA TANTA QUE NÃO DEU PARA ENGOLIR TODA.

E ASSIM FOI ATE HOJE SEM LEVARMOS PARA O LADO DE ESTARMOS FAZENDO UMA COISA ERRADA,ELE SEMPRE MANDANDO TUDO EU FAZER,E OUTROS LUGARES ENTAO NEM SE FALA,NÃO SO EM CASA,NA SALA DELE NO SETOR DE TRANSPORTES DA EMPRESA DO PAPAI,COM A MAMAE EM CASA,NA KOMBI QUANDO EU VOU JUNTO PARA FAZER ENTREGAS EM VIAGENS ,EU NÃO TIVE NENHUM NAMORADO ATE HOJE POR QUE ELE ME PROIBIU,MELHOR DIZENDO JÁ TIVE MAIS SO TEM BOVAO SO FICAM DE BEIJINHOS E ABRACOS,EU QUERO QUE ME PEGUEM TIREM MINHA CALCINHA E ME COMA,COMO MEU IRMAO FAZ,ASSIM É QUE É BOM,NÃO QUERO TER NINGUEM ESTOU BEM COMO EU ESTOU,O MEU CU JÁ ESTA MODELADO PARA UM ÚNICO PAU,E VCS JÁ SABEM DE QUEM É,E UMA COISA QUE AINDA NÃO CONTEI É QUE MEU IRMAO ESTA CASADO A UM ANO E ELES MORAM AQUI EM CASA E QUANDO MINHA CUNHADA SAI E MEU IRMAO ESTA EM CASA ELE DA UM JEITO DE COMER MINHA BUNDA QUANDO ESTA COM VONTADE,MAIS ESSA ESTORIA,DO ESCRITORIO,DA KOMBI,DE VIAGENS COM ELES DOIS E COM MINHA MAE E PAI EM CASA EU DIXO PARA OUTRO CONTO,TENHO QUE ENCERRAR AGORA POR QUE MEU IRMAO JAJA ESTA CHEGANDO E SEMPRE VEM AQUI NO MEU QUARTO QUE AGORA É SO MEU PARA DAR BOA NOITE E QUANDO ME VE COM A BUNDA PRA CIMA SEM CALCINHA DEITADA NA CAMA ELE JÁ SABE QUE QUERO,ENTAO DA UM JEITO DE DAR UMA LINGUADA NO MEU CU OU AS VEZEZ UMA ENFIADINHA NA MINHA BUNDA.E É DESSE JEITO QUE EU VOU FICAR.ATE A PROXIMA.

CAMILA, RIO DE JANEIRO

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

O Meu Irmão




O que passo a contar agora aconteceu há muito tempo atrás.Minha mãe trabalhava na parte da noite, das 18h até as 24h mais ou menos e nesse período ficávamos sozinhos em casa assistindo televisão. Nunca tivemos nenhum tipo de relação diferente de irmãos, mas como ficávamos muito tempo sem ter o que fazer, sabe como é, no auge da curiosidade que paira na adolescência acabamos fazendo o que não devia. Naquela época, eu acho que o meu irmão, pela sua idade, se masturbava muito, acho que todos os dias. Na verdade eu não lembro como tudo começou exatamente, o que vem na minha mente era a gente brincando de se beijar na sala e ele ia tirando a minha roupa até me deixar praticamente nua. Eu gostava daquilo, pois via muita novela e acabava achando que estávamos fazendo a mesma coisa. Ele subia em cima de mim e tentava me penetrar, mas o pau dele era muito grande pra mim e a falta de experiência contribuía para que isso não acontecesse. Então, no final da nossa "brincadeira" ele ficava se masturbando meio que na minha frente e eu perguntava: o que você está fazendo? E ele respondia que estava se coçando e eu aceitava por isso mesmo. Ele dizia que era muito bom aquela "coceira" e certa vez pediu para que eu "coçasse" pra ele e durante alguns dias eu fiz isso várias vezes achando tudo muito legal porque eu via que ele ficava contente com tudo aquilo. No final da "coçada" vinha aquele espirro branco que me deixava intrigada. Certo dia ele me pediu pra chupar o pau dele e eu disse que não mas ele me convenceu dizendo que toda a mulher fazia aquilo então eu topei. Eu acho que isso só aconteceu umas duas ou três vezes e eu lembro que eu arrastava os dentes do pau dele deixando-o brabo porque eu não tinha a boca muito grande e o pau dele era meio grande pra mim. Quando chegava a hora dele gozar ele me avisava e eu continuava com as mãos até o final. Depois dessas duas ou três vezes minha mãe descobriu por causa dos meus sonhos e porque eu respondia a verdade sobre qualquer coisa quando estava dormindo mesmo com o meu irmão ressaltando sempre que a mãe não poderia saber. Eu acho que ele apanhou bastante no dia seguinte depois da minha mãe saber porque nunca mais aconteceu nada. Sinceramente eu gostava mas a minha mãe me ensinou que era errado e me explicou tudo certinho e etc..

Bom, o tempo passou e saímos de Porto Alegre para morar em Santa Maria, minha mãe passou em um concurso público e decidiu voltar pra sua terra natal onde tinha todos os nossos familiares. Chegamos lá por volta de 2003, eu já estava com uns 15 pra 16 e meu irmão com 20. Minha mãe assumiu o cargo logo no início do ano e tudo foi se encaixando perfeitamente. Eu consegui uma vaga de última hora em um colégio perto de casa e meu irmão passou no vestibular e conseguiu um emprego legal, ou seja, tudo certinho. Mas todo aquele episódio que aconteceu não me saía da cabeça e eu via meu irmão crescendo e ficando cada vez maior e mais forte. Na minha cabeça só vinha a imagem daquele pau dele e a sensação que dava só de lembrar eu chupando me fazia desligar desse mundo. Então as coisas começaram a mudar. A minha mãe nunca tinha conseguido se adaptar na cidade dela e dessa vez não foi diferente. Lá por agosto ou setembro ela estava de malas prontas pra voltar pra POA e pros negócios dela que tanto gostava. Aos 20 anos meu irmão já tinha decidido o que queria da vida e disse que iria ficar em Santa Maria morando sozinho então minha mãe disse pra que eu ficasse com ele até o ano letivo acabar pra eu não perdê-lo pois não conseguiria vaga na capital. Caramba meu, ficou tudo direitinho pra tudo acontecer novamente. Meu irmão trabalhava durante o dia e estudava à noite e eu só estudava e fazia natação três vezes por semana. Sempre quando ele chegava da facul, eu estava assistindo tv, então ele comia, tomava banho e ia pro meu quarto assistir tv comigo. A diferença agora é que ele nem pensava mais em besteiras, não sei se foi a surra do passado ou as meninas da faculdade, mas ele nem olhava pra mim. Como não existia mais essa maldade, nos dias de calor ele sempre andava pela casa, depois de sair do banho, de samba canção. E dava pra ver o volume do pinto dele balançando, ficava de cara e tentando imaginar o tamanho dele agora. E certa noite a sorte resolveu sorrir pra mim. Olha o que aconteceu: era uma quarta-feira e estava passando futebol na tv. Meu irmão estava deitado na cama e eu deitada no peito dele como sempre fazíamos. Pra variar, como ele sempre estava muito cansado, acabou dormindo e, no meio desse sono, teve uma ereção!! Imaginem, bem na minha frente, a poucos centímetros, aquela samba canção foi levantando, levantando e não parava mais. Fiquei extasiada e foi quando percebi que no meio da cueca havia um buraco estrategicamente posicionado para as necessidades dos homens permitindo-me ver lateralmente todo aquele mastro de perto. Foi quando o meu irmão acordou e, num pulo, saiu da cama e foi dormir no quarto dele. Eu também disfarcei nesse momento e disse pra ele ir dormir. E os dias se passaram e toda noite que nós deitávamos eu torcia para mais uma ereção fazendo força para que ele dormisse.. rs. E a segunda vez aconteceu. Na mesma circunstância, ele dormiu e pau levantou. Dessa vez eu não queria passar vontade e dei um jeitinho para o pau dele saísse totalmente da cueca ficando 100% a mostra. Fiquei ali babando e dei uma olhada pra ver se meu irmão estava em sono profundo e para minha surpresa descobri que ele estava fingindo.Nesse momento meu corpo gelou e eu fiquei sem saber o que fazer continuando na mesma posição, deitada no peito dele. Enquanto me acalmava e retomava a minha coragem perdida, via aquele pinto enorme latejando bem na minha cara. Resolvi me entregar ao jogo e ver no que ia dar. Lentamente levei a minha mão até o pau dele e comecei a alisá-lo bem de leve. Ele levanto sutilmente os quadris me dando sinal verde para continuar. Quem está na chuva é pra se molhar então comecei uma punheta bem gostosa pro meu irmãozinho querido a programação rolando solta na tv. Isso aconteceu por alguns dias mas essa primeira vez, voou porra até no meu cabelo. Pelo menos umas duas golfadas foram na minha cara. Fiquei numa mistura de espanto e felicidade. Nos outros dias a gente já sabia o que fazer. Ele chegava, comia, tomava banho e vestia uma samba e ia deitar comigo. Eu, que já o estava esperando, me encaixava no seu peito e, sem falar um a, ia buscar o pinto dentro da cueca pelo buraco que tinha nela e começava mais uma punheta. Foi quando a coisa evoluiu e meu irmão empurrou levemente a minha cabeça pra frente na direção no seu pau como quem pede um boquete. Nem precisou mais do que isso e eu já estava lá chupando que nem uma doida. Eu quase gozei quando ele disse: lembra quando você me chupava lembra?? Era bom né... agora você vai ter isso sempre!!! Na loucura daquele sexo oral eu estava doida pra virem os jatos de porra pra não deixar escapar nenhum sequer. Dito e feito, enchi minha boca de porra e engoli como quem toma aquele leitinho quente preparado especialmente pra você. E assim os dias maravilhosamente se seguiram quando novamente a coisa evoluiu. Ao iniciar a minha mamada, meu irmão puxou, novamente de leve a minha bunda pra si, dando-me a entender que eu faria o primeiro 69 da minha vida. Ele mesmo tirou meu short e a minha calcinha e agarrou com a língua a minha xana que já estava completamente ensopada. Tenho certeza que melei toda a sua cara, pois me esfregava rebolando alucinadamente e gozava várias vezes. Eu ainda era virgem mas me sentia toda experiente naqueles momentos. Conseqüentemente ou inconseqüentemente, as coisas evoluíram para o gran finale. Certa noite eu decidi me entregar e preparei o cenário para perder a virgindade com que mais gostava e me realizava. Quanto a doenças eu estava tranqüila, gravidez também, pois tomava anticoncepcional para regular a menstruação e a produção de hormônios. Também porque o ano estava acabando e eu não queria ir embora deixando as coisas pela metade. Pra minha sorte, no dia em que me decidi, meu irmão chegou mais cedo da aula e seguiu a sua rotina. Eu coloquei uma calcinha nova, bem pequena pra mostrar pra ele e o esperei toda excitada na cama. Ele percebeu todas as minhas intenções e já foi pra cima de mim me beijando e me acendendo mais ainda. Tirou a minha calcinha e começou a chupar minha xana. Ele sempre dizia: deixa eu enxugar isso aqui.. rs. Depois subiu em cima de mim e tentou me penetrar. Mais uma vez não deu, senti muita dor. A cabeça entrava mas quando chegava no meu selinho doía muito. Ele me mudou de posição me colocando no canto da cama e não deu certo de novo. Então eu o deitei de barriga pra cima e comecei um boquete com a desculpa de lubrificar. Enquanto chupava ia criando mais coragem. Então parei e me posicionei para sentar no pau dele. Chegando no hímen eu simplesmente deixei meu corpo cair e enterrei todo ele em mim. Sangrou um pouco, fiquei deitada em cima dele por um tempo até passar a dor. Me levantei e vendo o sangue ele perguntou se ainda estava doendo. Eu disse que não e chamei ele pra mim. Dessa vez sim, nosso papai-e-mamãe deu certo. Metíamos felizes da vida e mudamos de posição várias vezes. A que eu mais gostei foi cavalgar. Como o pau dele era grande, eu podia dar uns pulinhos que fazia o pau entrar ainda mais em mim. Na minha primeira vez, pedi para que ele me avisasse quando iria gozar, pois queria muito que ele gozasse na minha cara para eu me limpar depois. Naquela noite eu acho que foi a vez que ele gozou mais. Fiquei completamente sem visão, mas mesmo assim me limpei tomando todo o meu leitinho. Que delícia. Foi assim...